Quanto custa o tempo que passa? - Entre os Meus Dias

domingo, 19 de novembro de 2017

Quanto custa o tempo que passa?

Há dias perguntaram-me: Quanto custa o tempo que passa?

Fiquei a pensar na resposta que havia de dar. 

Para mim, depende.Depende, se o tempo que passou foi bom? Não custou nada a passar, aliás, deixa saudades. 

Se o tempo foi passado por maus “tempos” más recordações, angústias, coisas que não se disseram e já não podem ser ditas, saudades que não se podem matar, etc… aí, o tempo custa e muito.

Às vezes e pensando que quando se diz: quanto custa, for o valor emocional? Aí é uma dor para sempre, não tem forma de apagar. Custa muito esse tempo e não há forma de fazer com que custe menos, aprendemos a viver assim.


O custo do tempo é relativo, pode custar muito ou nada.

24 comentários:

  1. Que pergunta difícil. Não sei o custo do tempo que passa, diria que custa muito. Diria que pesa, também. Talvez, por isso, seja tão bom a leveza do presente, do momento presente apenas. Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  2. Concordo contigo, é muito relativo!

    r: Obrigada e igualmente, minha querida :)
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  3. Dizem que o tempo é dinheiro, outra perspectiva talvez. Beijocas

    ResponderEliminar
  4. Por aqui o tempo nao custa mesmo nada a passar, tao depressa estou a dar o pequeno almoco ao Lu como estou a deita-lo, o que acaba por ser bom sinal :)
    Bjinhosss, minha querida :)
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão linda. Às vezes passa tão rápido que nem damos por ela.
      JInhos

      Eliminar
  5. Acho que não custa nada, porque passa tão rápido.
    E custa tanto, porque está a passar demasiado rápido.

    Divaguei. Ok! ;)

    Beijinho d'

    A Marta
    https://amartaeumblog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. A definição do tempo é a mais errada que conheço, este inevitavelmente está ligado à emoção de cada um de nós, diferentes pessoas têm diferentes tempos.

    ResponderEliminar
  7. Passa mto rápido ultimamente mas mesmo assim pode ser custoso!
    Beijos

    Www.unhasclassicasemodernas.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  8. Há tempo que custa a passar, outro há que sem custo passamos por ele.

    ResponderEliminar
  9. Olá!!! :)

    Tens Facebook e gostavas de dar a conhecer o teu blogue a mais escritores? Conhecer outros espaços?

    Então, adere:

    https://www.facebook.com/groups/126383254703861/

    Beijinhos, Diana.

    ResponderEliminar
  10. De facto tudo é relativo, depende do que custa para nós e do que realmente tem valor para nós :)

    MRS. MARGOT

    ResponderEliminar
  11. Boa pergunta! Mas o custo é relativo... :) quando o tempo é bem investido o custo é nulo! Que fosse sempre assim!

    ResponderEliminar
  12. Sendo o TEMPO precioso ... dificilmente lhe consigo atribuir um valor!!!
    Bj

    ResponderEliminar